Dias Atuais
 

1000 Years in 500 Days

A pretensão é contar a história deste milênio, em textos, fotos e links para eventos e personalidades de destaque. Reúne muito material -e é possível procurar pelo ano. Em inglês.

1918: Acordo de cessar-fogo sela o fim do Império Austro-Húngaro

O Estado criado pelos Habsburgo no Sudeste da Europa ao longo dos séculos, desintegrou-se definitivamente no final da Primeira Guerra Mundial. No dia 3 de novembro de 1918, foi assinado o acordo de cessar-fogo que acabaria selando o fim do Império Austro-húngaro.

1932: São Paulo e o Brasil

Fatos, memória e mito estão intrinsecamente imbricados em torno desse tema. A grande historiadora brasileira EmíliaViotti da Costa, em julho de 1982, quando eu ainda fazia meu doutorado, chamou minha atenção para isso. Escreveu, para os 50 anos da revolução, um artigo que intitulou: “1932: Imagens Contraditórias”, para o suplemento Folhetim, Folha de São Paulo. Lá ela conclui: “Nos campos de batalhas ficaram os mortos. Na memória dos homens que participaram da revolução, uma história que fala mais de seus sonhos e suas paixões do que sobre a realidade que a gerou”.

A ameaça do terrorismo

Os atentados de 11 de setembro de 2001 em Nova York e Washington D.C. sacudiram a opinião pública mundial, com graves conseqüências para a paz e a economia global. No presente artigo, apresentamos uma análise em torno do desafio colocado pelo terrorismo neste início de século.

A Concrete Curtain

Há quase 10 anos os habitantes de Berlim puderam cruzar livremente a fronteira de concreto que dividia a cidade em duas. O muro, erguido em 1963, tinha 149 quilômetros de extensão e várias pessoas morreram ao tentar atravessá-lo. Este site traz vários outros fatos sobre um dos maiores marcos da Guerra Fria. Em inglês.

A CONTRA-REVOLUÇÃO DO NOSSO TEMPO

Os anos 60 do Século XX foram um momento de transformação cultural e de grandes esperanças. Depois do pesadelo das duas grandes guerras, a humanidade parecia voltar a acreditar em um mundo, ou, pelo menos, em uma vida melhor. A idéia de progresso, que morrera em 1914, parecia renascer. O período entre 1945 e 1970 foi de grande desenvolvimento, nos quais as taxas de crescimento econômico por habitante em todo o mundo bateram todos os recordes, mais do que dobrando em relação ao século anterior. Por isso esse período foi denominado de os Anos Dourados do capitalismo.

A GLOBALIZAÇÃO E O DESENVOLVIMENTO: VANTAGENS E DESVANTAGENS DE UM PROCESSO INDOMÁVEL

A temática deste ensaio aborda um dos mais complexos problemas da agenda econômica contemporânea (ou da própria política prática), a saber, a questão das relações causais ou, em sentido amplo, a das interações entre, de um lado, o processo de integração crescente dos sistemas produtivos nacionais, dos fluxos financeiros e dos intercâmbios globais de bens e serviços, sob a égide do sistema multilateral de comércio, e, de outro, o crescimento sustentável de uma determinada economia nacional, com modernização de suas estruturas sociais e políticas.

A História de BRASÍLIA

A História de Brasília, das primeiras propostas de mudança aos dias atuais. Inclui as datas importantes, curiosidades, os nomes dos ex-governadores, informações sobre JK, Lucio Costa e Oscar Niemeyer, etc. - Trabalho de Augusto Cesar B. Areal

A História de Israel no Debate Atual

O uso dos textos bíblicos como fonte para a ‘História de Israel’ é questionado por muitos. A arqueologia ampliou suas perspectivas e falar de ‘arqueologia bíblica’ hoje é proibido: existe uma ‘arqueologia da Palestina’, ou uma ‘arqueologia da Síria/Palestina’ ou mesmo uma ‘arqueologia do Levante’.

A história oficial de 1964

Se houve na história da América Latina um episódio sui generis, foi a Revolução de Março (ou, se quiserem, o golpe de abril) de 1964. Numa década em que guerrilhas e atentados espoucavam por toda parte, seqüestros e bombas eram parte do cotidiano e a ascensão do comunismo parecia irresistível, o maior esquema revolucionário já montado pela esquerda neste continente foi desmantelado da noite para o dia e sem qualquer derramamento de sangue.

A moderna tradição brasileira

Renato Ortiz é um dos autores que estão na linha de frente do debate sobre o papel da cultura no Brasil. O próprio título do livro é significativo na medida em que agrega duas palavras, dois conceitos comumente entendidos como pólos antagônicos: modernidade e tradição. Sair do mundo tradicional para entrar no moderno foi ideal político e questão teórica dos últimos cem anos no Brasil. Tradicional era identificado como rural, atrasado, familiar, afetivo, religioso e lento. Moderno era urbano, adiantado, individual, racional, científico e rápido. Superando esta dicotomia, Ortiz vai mostrar que no Brasil o esforço para construir a modernidade, ou seja, o processo de modernização, já faz parte da nossa tradição, já faz parte da nossa história.

A nova guerra do Afeganistão

Como anunciado e esperado, os EUA e a Inglaterra lançaram um ataque aéreo contra o Afeganistão. Trata-se de uma iniciativa que comporta riscos, tal como adverti no artigo da semana passada. A atual fase da guerra tem objetivos mais de propaganda: dar uma resposta aos anseios de vingança de uma parte da opinião pública americana e demonstrar e reafirmar o poderio do país. Mas trata-se de um conflito radicalmente diferente da Guerra do Iraque e da Iugoslávia.

A POLITICA NORTE-AMERICANA ANTES DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

No princípio do século XX: a sociedade norte-americana foi marcada por uma série de reformas (visavam à democratização da máquina política). em diversos setores.

A Questão da Palestina

Palestina (do original Filistina – “Terra dos Filisteus”) é o nome dado desde a Antigüidade à região do Oriente Próximo (impropriamente chamado de “Oriente Médio”), localizada ao sul do Líbano e a nordeste da Península do Sinai, entre o Mar Mediterrâneo e o vale do Rio Jordão. Trata-se da Canaã bíblica, que os judeus tradicionalistas preferem chamar de Sion.

>> 1-2-3-4-5->>

COMPARTILHE A MINIWEB EDUCAÇÃO COM SEUS AMIGOS